Fonte: OpenWeather

    Interior


    Alerta: Pitbull morre após ser atacado por abelhas no Amazonas

    De acordo com o dono do animal, o pitbull ainda chegou a ser medicado, mas não resistiu

     

    Veterinário explica que as abelhas liberam toxinas, e alguns animais não tem reações adversas
    Veterinário explica que as abelhas liberam toxinas, e alguns animais não tem reações adversas | Foto: Divulgação

    Envira - Um cão da raça pitbull morreu, na tarde desta terça-feira (12), após ser atacado por um enxame de abelhas, no município de Envira (distante 1.216 quilômetros a sudoeste de Manaus). 

    O cobrador Gilsandro Paiva da Silva, de 35 anos, dono do animal, explicou que o fato aconteceu por volta das 13h, quando as abelhas se aproximaram e começaram a atacar os cachorros de um vizinho e, em seguida, atacaram o pitbull.

    “Tivemos que nos trancar dentro de casa porque senão elas (abelhas) iriam nos atacar também. É tanto que até a noite ainda tinha abelhas pela área”, Gilsandro.

    Ainda segundo Gilsandro, o cachorro ainda chegou a ser medicado, mas não resistiu.

    Ataque feroz

    De acordo com o médico veterinário Raimundo Jurema, durante o ataque, as abelhas liberam toxinas, e alguns animais não tem reações adversas e não resistem a grande quantidade de picadas.

    “É preciso de uma quantidade significativa de picadas para ter a intoxicação. Essas toxinas afetam diretamente a corrente sanguínea e esses animais começam a ter paradas cardiorrespiratórias”, alertou.

    Leia mais 

    Cachorro morre após ser atacado por abelhas africanas na Zona Leste

    Turista francesa morre após ataque de abelhas em hotel de selva no AM

    Ataque de abelhas em rio deixa 23 feridos no Paraná