Fonte: OpenWeather

    ENEM 2021


    Enem: aberto prazo para quem teve isenção de taxa de inscrição negada

    Os prazos para isenção dos pedidos indeferidos começam dia 18 e vão até o dia 25 de junho fiquem atentos à página do participante

     

    As provas do Enem 2021 serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro
    As provas do Enem 2021 serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro | Foto: Divulgação

    Os resultados preliminares dos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram divulgadas  nos dias 8 e 9 de junho as decisões sobre justificativas de ausência apresentadas por candidatos que, em 2020, foram liberados de pagar a taxa de inscrição para fazer o exame e não participaram dos dois dias de prova.

    Os candidatos ao Exame Nacional do Enem 2021 que tiveram o pedido de isenção da taxa de inscrição indeferido podem entrar com recurso de hoje (14) até o dia 18 de junho. Os resultados dos recursos estão previstos para serem divulgados no próximo dia 25 .

    De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a aprovação da justificativa ou da solicitação de isenção não garante a inscrição no Enem 2021. As inscrições deverão ser realizadas normalmente, entre 30 de junho e 14 de julho, por meio da  Página do Participante.

    Provas

    As provas do Enem 2021 serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, tanto na versão impressa como na digital. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) 101.100 vagas estarão disponíveis exclusivamente para a versão digital do exame.

    Quem pode pedir isenção?

    Pessoas que cursaram todo o ensino médio em escola pública ou que foram bolsistas integrais durante toda a etapa educacional têm direito à isenção da taxa de inscrição do exame.

    Alunos que estão cursando a última série do ensino médio na rede pública, no ano de 2021, também podem de pedir a isenção.

    O mesmo vale para quem está em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda. Nesse caso, é preciso comprovar a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

    Leia mais

    Enem 2021 está marcado para 21 e 28 de novembro

    Ministro da Educação explica impacto de cortes orçamentários

    Enem: 28 alunos tiraram nota máxima na redação