Fonte: OpenWeather

    Preparação


    Preparatórios para concursos investem em aulas online durante pandemia

    Instituições tiveram aumento de 60% nas aulas online

    Cursinhos precisaram migrar para plataformas de ensino online | Foto: divulgação

    Manaus - Após a suspensão das aulas presenciais, uma das principais medidas adotadas no combate ao novo coronavírus no país devido as aglomerações, as instituições de ensino precisaram migrar para plataformas de ensino online e a adotar as medidas de educação a distância (EAD) como forma de continuar fornecendo conhecimento aos alunos. E a modalidade também tem sido usada nos cursos preparatórios da capital amazonense, segundo as instituições a modalidade é uma forma de continuar preparando profissionais para os concursos públicos no país.  

    Apesar da pandemia, os editais para concursos públicos no país continuam sendo divulgados, a maioria tem provas marcadas para acontecer a partir de outubro deste ano por isso, os cursos preparatórios precisaram investir no ensino online e continuar capacitando os alunos para um melhor desempenho nas provas.

    As lives se tornaram a estratégia eficaz para o recrutamento de novos alunos
    As lives se tornaram a estratégia eficaz para o recrutamento de novos alunos | Foto: Divulgação/Cuca Amazonas

    O Cuca Amazonas adotou a modalidade logo após a suspensão das aulas presenciais e hoje atende mais de quatro mil alunos em todo o país. Segundo o diretor da instituição, Urias Freire, o preparatório busca está perto dos alunos e oferecer o melhor conteúdo durante esse período. 

    “Além das aulas online de todas as disciplinas, o Cuca também oferece atividades intensivas corrigidas pelos professores, central de dúvidas onde o aluno pode ter contato com o professor para que as dificuldades sejam esclarecidas, correção online feita pelos professores,  apostilas em PDF, além de disponibilizar aos alunos acessos as aulas gravadas para que eles assistam posteriormente na plataforma”, explicou Urias. 

    São disponibilizados professores que lecionam todas as disciplinas para entendimento variado aos alunos
    São disponibilizados professores que lecionam todas as disciplinas para entendimento variado aos alunos | Foto: Divulgação/Cuca Amazonas

    As aulas são disponibilizadas sete horas por dia por meio do canal no YouTube da instituição que já conta com mais de dois mil inscritos e 400 mil visualizações em menos de dois meses. De acordo com o diretor, o objetivo do Cuca Amazonas é fazer com que os alunos consigam evoluir durante o período de isolamento e se mantenham preparados para os concursos.

    “Muitos preparatórios fecharam as portas e nós investimos no recrutamento desses alunos para que eles possam evoluir durante esse período com as aulas online. E com o retorno da modalidade presencial as aulas possam fluir com mais facilidade. Não podemos perder tempo, pois o online é uma forma de mantê-los ativos nos estudos e a preparação para as provas não podem parar mesmo com as dificuldades encontradas na nova modalidade, não é tempo para desistir”, ressaltou.

    O estudo com antecedência permite que o aluno esteja mais preparado para as avaliações
    O estudo com antecedência permite que o aluno esteja mais preparado para as avaliações | Foto: Divulgação/Gabaritar Concurso

    O preparatório “Gabaritar Concursos” também investiu na modalidade a distância e passou a atender alunos de todo o país, de acordo com o proprietário da instituição, Renato Araújo, o diferencial do preparatório está em investir na preparação dos alunos com antecedência.

    “Alguns dias após a suspensão das aulas presenciais a instituição já investiu nas aulas ao vivo, posteriormente criamos a plataforma EAD que seria um projeto para o segundo semestre, mas precisou ser adiantado. E o grande diferencial do preparatório é que mesmo com a plataforma a distância, as aulas são ministradas online permitindo o contato direto entre professor e aluno. Tudo isso só destaca o nosso propósito que é continuar preparando nossos alunos para as provas e principalmente investindo no ensino com antecedência, pois o aluno que já está se preparando antes do edital ser publicado e terá mais chances de aprovação do aluno que começou a estudar 60 dias antes da prova”, analisou Araújo. 

    Outra estratégia usada pela instituição foi investir em marketing nas redes sociais para atrair novos alunos. De acordo com Renato, a estratégia é realizada no meio das aulas gratuitas que são oferecidas pelo preparatório.

    “Nós oferecemos uma aula gratuita a cada duas semanas, geralmente no período noturno, para que novos alunos conheçam nossa forma de ensino e a dinâmica dos professores, além de permitir que outras pessoas continuem tendo acesso a conteúdos relacionados às provas dos concursos”, afirmou. 

    Queda de 40% na procura

    A instituição identificou uma queda de 40% na procura das aulas em decorrência da dificuldade financeira que a população tem enfrentado. 

    “Recebemos muitos alunos que precisaram parar os estudos por conta do desemprego ou pelo aumento no fluxo de trabalho e por isso nesse momento não seria possível continuar com as aulas. E contrapartida, também recebemos alunos que se identificaram com a modalidade a distância, conseguiram se adaptar e buscam permanecer estudando pela plataforma mesmo depois da pandemia”, destacou Renato. 

    Mesmo com a pandemia os preparatórios passaram a receber alta procura de alunos interessados na realização de concursos futuros uma vez que as provas não possuem data de adiamento ou suspensão. O coordenador geral do preparatório “Sou Concurseiro e Vou Passar”, Fábio Silva, afirmou que uma das estratégias feitas pela instituição, que resultou na alta procura, foi a realização diária das transmissões ao vivo. 

    “Nós já tínhamos aulas a distância, mas com a suspensão da modalidade presencial investimos ainda mais na plataforma EAD e durante esse período conseguimos atrair alunos por meio das lives, elas são uma grande ferramenta para que novos alunos se interessem pelos conteúdos nesse momento, diariamente nós realizamos essas transmissões e deixamos disponíveis por algumas horas na plataforma para que mais pessoas tenham acesso às aulas”, contou. 

    Aumento de 60%

    O preparatório teve uma queda de 100% na modalidade presencial, mas chegou ao aumento de 60% nas aulas online. Com a alta procura, a plataforma alcançou mais de 15 mil acessos de alunos em todo o país e precisou a investir em uma estrutura maior para receber os alunos na plataforma. 

    Segundo o coordenador, é importante que  os alunos não deixem os estudos de lado e não se prendam a noticiais ruins que o momento apresenta, pois somente por meio do conhecimento é que os objetivos podem ser almejados. 

    “Estamos constantemente incentivando nossos alunos a cuidarem da saúde mente, focarem nos estudos e visar o futuro, apesar de o momento ser complicado. Nosso incentivo aos alunos é que eles busquem se dedicar nos seus objetivos, quando os concursos forem de fato divulgados a previsão é que as realizações das provas sejam em datas próximas então, é necessário que esse momento seja aproveitado para se preparar e alcançar seus objetivos com a aprovação”, finalizou.