Fonte: OpenWeather

    Execução frustrada


    Polícia salva dois homens que seriam executados por facção no AM

    Os policiais chegaram no momento exato da execução e intimidaram os suspeitos

     

    Os dois foram salvos minutos antes de serem mortos
    Os dois foram salvos minutos antes de serem mortos | Foto: Reprodução da Internet

    Iranduba (AM) - Execuções bem sucedidas por parte de facções criminosas, infelizmente, são frequentes no Amazonas. No entanto, os policiais do Posto de Policiamento de Cacau Pirêra conseguiram frustrar dois homicídios que estavam prestes a acontecer no distrito na última terça-feira (23). 

    O primeiro a ser salvo foi um homem identificado apenas como 'Jacaré', que estava prestes a ser morto em uma área de mata por criminosos. Os policiais chegaram no momento exato da execução e intimidaram os suspeitos que, com medo, fugiram levando o outro homem, que foi resgatado posteriormente. 

      'Jacaré' e o outro homem, que não foi identificado, possivelmente, tinham uma dívida com os criminosos e envolvimento com o tráfico de drogas da região. Por esse motivo, teriam sido levados até o matagal e estavam prestes a ter seus últimos minutos de vida.  

    Os dois foram encontrado bem machucados pela equipe policial.

    No vídeo do momento que a polícia encontra os criminosos agredindo as vítimas, a equipe ordena que os suspeitos soltem as vítimas. Os dois foram levados até o Posto de Policiamento para prestar esclarecimentos, e, em seguida, encaminhados para uma unidade de saúde de Iranduba. 

    Veja o vídeo do momento que a polícia frustra a execução: 

    Capa do Vídeo
    | Autor:
     
    Capa do Vídeo
    | Autor: Reprodução
     
    Capa do Vídeo
    | Autor: Reprodução
     


    Homem é salvo de cativeiro da CDN em Manaus

    Um outro caso recente em Manaus foi de um homem, identificado como Eduardo, resgatado por policiais militares de um cativeiro, localizado nos fundos de um prédio, na rua Pedro Botelho, no Centro, após denúncias anônimas. 

    Conforme a Polícia Militar, foram ouvidos gritos vindos do local e a vítima foi encontrada próximo ao telhado, com vários hematomas e sinais de tortura.

    Aos policiais, o homem contou que seria executado por integrantes da facção criminosa Cartel do Norte (CDN) e que estava na feira da comunidade Campos Sales, na Zona Oeste, quando foi sequestrado há, pelo menos, quatro dias. 

    Eduardo afirmou ainda que presenciou a morte da própria irmã, uma adolescente de 17 anos e do cunhado de 18 anos. Ele teria sido degolado na frente de Eduardo. Os criminosos estavam apenas aguardando autorização para executá-lo também.


    Leia mais: 

    Homem é resgatado de cativeiro em Manaus após ser sequestrado pela CDN

    Comerciante é salvo da morte após tiro atingir panela; veja vídeo

    Dois escapam de execução após intervenção da polícia em Manaus