Fonte: OpenWeather

    urna


    TSE encerra audiências públicas sobre normas para eleição de 2022

    Tribunal ouviu partidos políticos e instituições públicas e privadas

     

    | Foto: Divulgação

     Brasília (DF) - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encerrou hoje (23) o ciclo de audiências públicas para apresentação de sugestões de aperfeiçoamento das resoluções administrativas que serão aplicadas nas eleições de 2022.

    Durante dois dias, o TSE ouviu representantes de partidos políticos e instituições públicas e privadas. Foram sugeridas, entre outras, a regulamentação de enquetes na internet com objetivo eleitoral e a autorização para os partidos abrirem contas digitais para arrecadação de recursos e de transferências por meio do Pix.

    Também foram apresentadas sugestões de combate a campanhas de desinformação sobre o processo eleitoral e a criação de procedimentos para receber denúncias de violência contra candidatas.

    Com o fim das audiências, uma equipe técnica do tribunal vai avaliar as sugestões para eventual inclusão nas minutas apresentadas para aprovação do plenário da Corte. Segundo o TSE, as resoluções devem ser votadas ainda neste ano.

    Testes de segurança

    Nesta semana, o TSE também realiza o Teste Público de Segurança (TPS) do sistema eletrônico das eleições de 2022. Até sexta-feira (26), 26 investigadores de diversas instituições vão tentar executar 29 planos de ataques aos equipamentos da urna eletrônica. O teste é um procedimento de praxe realizado desde 2009.  

    *Com informações da Agência Brasil 

    Leia mais: 

    Senado faz debate sobre PEC dos Precatórios nesta terça-feira (22)

    TSE abre teste de urnas para hackers: “Buscamos falhas”, diz Barroso

    Moraes vai contra CPI da Covid-19 e nega quebra de sigilo de Bolsonaro